XP negocia o aluguel de quatro andares do SP Corporate Towers, na Faria Lima

Da Redação

Notícia publicada no jornal O Globo aponta que A XP está negociando o aluguel de quatro andares do edifício SP Corporate Towers. O prédio está localizado na região da Faria Lima. Trata-se de um conjunto de torres gêmeas, na Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, considerado um dos mais caros da cidade.

Antes da pandemia, a XP ocupava mais de sete andares do SP Corporate Towers, que pertence à Camargo Corrêa. Porem, em razão das equipes trabalharem em home office por causa da pandemia, a corretora devolveu parte importante desse espaço.

Em paralelo, anunciou que construiria uma sede “rural” em São Roque (SP). Esta foi batizada de Villa XP. À primeira vista, a ideia seria seguir os moldes dos campi do Vale do Silício.

Embora o projeto não esteja oficialmente engavetado, a Villa XP não teve evolução real. Além disso, apesar do trabalho híbrido, a XP expandiu suas equipes durante a crise sanitária. Desse modo, o resultado é que agora está faltando espaço para receber todos os colaboradores.

Em 2021, chegou a ser divulgada que a obra tinha previsão para ser concluída em 2022. E que estaria sendo erguida em um terreno de 705 mil metros quadrados, pelo qual a companhia teria pago R$ 98,6 milhões.

Aluguel valorizado em São Paulo

A valorização da região da Faria Lima está diretamente ligada à diminuição da disponibilidade de lajes de alto padrão. Na região, a taxa de vacância era 5,10% no 1T/2022 e agora é 4,34% (2T/2022). Trata-se da menor taxa de vacância das regiões de São Paulo para o universo de edifícios Classe A.

Com a taxa de vacância caindo, naturalmente os preços de aluguel são pressionados para cima. E isso oferece maior poder na negociação para os proprietários. Para saber mais, acesse a plataforma CRE Tool,

Esse interesse da XP em alugar quatro andares no SP Corporate Towers, segundo informaram fontes que acompanham o setor imobiliário, é prova de que a empresa deseja estar em região consolidada.

Leia também:
A força do mercado de escritórios em São Paulo; dados do 2TRI de 2022

Afinal, trata-se do mesmo espaço que a corretora de Guilherme Benchimol devolveu no prédio durante a pandemia.

Os dados atuais e históricos do mercado de escritórios e logísticos podem ser extraídos da plataforma CRE Tool, o BigData do Mercado de Real Estate. Conheça a plataforma CRE Tool aqui.

Com informações do jornal O Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − seis =