BTG aposta em fundos imobiliários de tijolo com desconto

Banco aposta em FIIs de escritórios descontados para agosto (Imagem: Money Times/ Márcio Juliboni)

 

De acordo com notícia do portal Money Times, o BTG Pactual elevou sua exposição ao segmento de lajes corporativas. Além disso, removeu o único fundo imobiliário (FII) de shopping center de sua carteira recomendada para agosto.

A alteração faz parte da mudança de estratégia da carteira de FIIs do BTG.

Em outro momento, o banco optou por diminuir a exposição em fundos de tijolo, isto é, ativos quei nvestem diretamente em imóveis. Agora, entretanto, o banco acredita ser o momento de aumentar a posição no segmento.

Em relatório publicado na última segunda-feira, dia 1, os analistas Daniel Marinelli e Matheus Oliveira explicam que a mudança ocorrerá por meio de duas estratégias:

• Foco em ativos de tijolo descontados no relativo;
• Migração da alocação em papel, ou seja, FIIs que investem em ativos financeiros imobiliários, para tijolo.

O primeiro ponto da estratégia já foi posto em prática, com a remoção do FII Vinci Shopping Centers (VISC11). Este representava 5% da carteira do BTG; além disso, houve a elevação do peso de BTG Pactual Corporate Office (BRCR11) e CSHG Real Estate (HGRE11) em 2% e 3%, respectivamente.

“Nossa movimentação de saída do Vinci Shopping Centers está pautada basicamente pelo alto desconto do segmento de lajes corporativas, concomitante à alta de 6,2% do VISC11 nos últimos 6 meses”, esclareceu a dupla.

Para agosto, o banco tem 53% da carteira alocada em recebíveis; 22%, em lajes corporativas; 17,5%, em galpões;  5%, em híbrido e 2,5%, em agronegócio. Além disso, o retorno de dividendo anualizado da carteira é de, em média, 11,6%.

Para conferir a carteira recomendado do BTG Pactual para agosto, acesse o portal Money Times

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − 3 =