CENU – Torre Norte

Os detalhes e as perspectivas do empreendimento

Iniciei a minha carreira no mercado imobiliário trabalhando por mais de 10 anos dentro do Complexo CENU – WTC, na capital paulista e, sem dúvida nenhuma, foi uma experiencia incrível. Mas não é por isso que me considero suspeita para falar bem sobre o Edifício Torre Norte e, sim, porque sou fã de complexos no quais você pode fazer e resolver tudo no mesmo lugar, sobretudo em dias de chuva: nem o guarda chuva você precisa usar para ir do escritório para o restaurante almoçar, por exemplo. E que tal aproveitar um intervalo no dia para comprar rapidinho aquele presente para o aniversário que você vai à noite, ou cortar o cabelo e ir à manicure? E, no final do dia, quando o trânsito estiver péssimo, descer para tomar um vinho com os colegas de trabalho?

O CENU é composto pelos edifícios Torre Norte e Torre Oeste, além do Hotel Hilton e do Shopping Nações Unidas, contando com a interligação – no térreo e subterraneamente – e com as outras instalações, incluindo o Centro de Convenções WTC, o hotel Sheraton WTC e o Shopping D&D. Existe, também, uma interligação parcial para pedestres e a futura interligação para veículos com o edifício Tower Bridge.

A Torre Norte é um edifício de alto padrão, triple A, composto por 34 pavimentos que somam mais de 60 mil m² de área locável BOMA, distribuídos em lajes amplas, com aproximadamente 1.800 m², e sem pilares. Apesar dos 20 anos de existência, o prédio continua imponente, com uma arquitetura diferenciada e com especificações técnicas de acordo com as necessidades das grandes empresas.

Alguns diferenciais que podemos destacar: heliponto homologado, certificação LEED, gerador para 100% do edifício (áreas comuns e privativas), bicicletário com vestiário, vagas VIP, divisão do andar em até três conjuntos e pé-direito livre de 2,80 metros nos andares.

O empreendimento fica na Berrini, região de escritórios considerada primária devido à localização privilegiada e à facilidade de acesso, seja de carro, seja de ônibus (corredor) ou de outras modalidades de transporte público, já que está a apenas 550 metros da estação Berrini da CPTM. Além disso, a localização possibilita que o usuário usufrua de uma vasta oferta de amenidades (shopping, hotéis, restaurantes e bancos), principalmente em torno do Complexo. Rapidamente, você pode acessar a Marginal Pinheiros, bem como as principais regiões de escritórios de São Paulo, como a Faria Lima, JK, Itaim e Vila Olímpia, além do Aeroporto de Congonhas.

O Edifício Torre Norte é 100% do FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO – FII TORRE NORTE (“FII TORRE NORTE – TRNT11”), administrado pelo BTG Pactual Serviços Financeiros S.A. DTVM. No dia 23 de dezembro de 2019, foi realizada uma assembleia do fundo, que teve como pauta a rescisão da antiga consultora imobiliária especializada e a contratação de uma nova prestadora de serviço. Por unanimidade dos votos dos Cotistas do FII TORRE NORTE presentes (aproximadamente 85,51%), foi aprovada a contratação pelo Fundo da Matchpoint, do qual faço parte.

De acordo com os dados atualizados da Buildings, o edifício possui uma taxa de vacância de 11,73% contra 19,24% da região Berrini. Devemos ter algumas desocupações nos próximos meses, conforme fatos relevantes publicados pelo BTG, mas o cenário que enxergo é positivo, já que mercado de escritórios de alto padrão da cidade de São Paulo passou pelo pico de baixa e está em processo de recuperação e valorização. As regiões Faria Lima, Itaim, JK e Vila Olímpia (que ditam o preço, declínio e retomada do mercado) já estão com taxas de vacância abaixo de dois dígitos (ou seja, abaixo da taxa de equilíbrio) e com preços em alta. A Berrini, com nenhuma ou pouca oferta de novo estoque nos próximos anos, é a próxima região a se recuperar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + treze =