Alternativas encontradas pelo mercado logístico com o avanço do e-commerce

Centro Empresarial ITV Itapevi (SP)

 

Diferentemente do mercado de escritórios, afetado pela pandemia, o setor logístico em SP absorveu mais de 441 mil m² positivos só no 3 trimestre deste ano; MG absorveu mais de 78 mil m².

O mundo passou por uma grande transformação nestes últimos meses e certamente será outro após o fim da pandemia. Mudanças, ressignificações, resiliência, recomeço. Vivemos tudo isso e estamos aqui, aprendendo, investindo e colhendo oportunidades que também vieram com a crise sanitária.

Com o confinamento social, o hábito de milhões de consumidores no Brasil teve de mudar. Até os mais resistentes à tecnologia, tiveram de se readequar para adquirir produtos pela Internet, já que lojas e shoppings estavam fechados. O saldo desta conta diz que dificilmente essas pessoas abandonarão o hábito das compras online.

Com isso, o mercado logístico e industrial viveu um super aquecimento, impulsionado pelo e-commerce, pela rapidez e concorrência das empresas nas entregas dos produtos e pelas diversas ofertas disponíveis.

O boom das compras online

Imagem: Unsplash (Pickawood)

 

Segundo o indicador Mastercard SpendingPulse, o crescimento do e-commerce no Brasil foi de 75% em 2020 comparado ao ano anterior (sem pandemia), com faturamento da ordem de R$ 87,4 milhões.

Outra pesquisa, da Nielsen, mostra que as vendas do e-commerce brasileiro chegaram a R$ 53,4 bilhões só no primeiro semestre deste ano, um recorde, e cresceram 31% em relação ao mesmo período em 2020. Foram 42 milhões de pessoas comprando pelo e-commerce, sendo que, desses, 6,2 milhões eram novos usuários.

Ou seja, com tantas vendas online acontecendo nesta proporção, a disputa pela entrega mais rápida também não pode passar despercebida. E para entregar mais rápido, alguns fatores devem ser considerados, entre eles localização e o acesso às rodovias.

E quando o assunto é setor logístico, empresários e players do setor enxergam terrenos logísticos como uma opção rentável para bons investimentos.

De acordo com José Eduardo Ferreira, CEO da ITV Urbanismo, empresa mineira que há quase 85 anos atua no mercado, criando loteamentos e desenvolvendo cidades, investir em terrenos oferece muitos benefícios:

“Investir em terrenos logísticos é a certeza de ver o dinheiro render. Como não há muitos produtos disponíveis no mercado, devido à alta procura, esse tipo de empreendimento valoriza ainda mais rápido. Terrenos logísticos ainda dão celeridade às atividades e geram economia para a empresa, além de garantir uma infraestrutura completa, produção tranquila, em condições ideais de trabalho e localização estratégica”, explicou.

Por que investir em terrenos logísticos?

Centro Empresarial ITV Itapevi (SP)

 

São Paulo é o maior centro comercial e industrial do Brasil. Para se ter ideia, em 2020, o total de novos empreendimentos logísticos entregues durante os 4 trimestres foi de 1,461 milhões de m². Fatalmente, ultrapassaremos, em 2021, o estoque do ano passado, considerando que ainda existem empreendimentos com previsão de entrega até dezembro agora.

Só de atividade construtiva são cerca de 4,080 milhões de m² em todo o território nacional; mais de 3,103 milhões de m² em SP e mais de 508 mil m² em MG. Parte deste estoque será entregue ainda em 2021.

A ITV Urbanismo, atenta a este cenário em ampla movimentação e expansão, oferece a seus clientes endereço estratégico, próximo das principais rodovias e de centros urbanos, para empresários que querem começar um novo negócio ou que estão repensando o futuro da sua empresa.

O CEO ressalta o diferencial competitivo que oferece ao mercado:

“Os empreendimentos logísticos da ITV Urbanismo, tanto no estado de São Paulo, como em Minas Gerais, estão localizados às margens das principais rodovias e em grandes rotas de escoamento de mercadorias. Uberlândia (MG), por exemplo, é considerada a Capital Nacional da Logística, já Itapevi (SP) concede vários incentivos fiscais às empresas. Além disso, o cliente tem a garantia de estar negociando com uma loteadora séria e consolidada.”

Leia também:
– Fundos imobiliários: Panorama e perspectivas do mercado logístico
– Mercado logístico no Brasil bate novos recordes no 3 trimestre de 2021
– O mercado logístico ainda é a bola da vez?

Com o IGP-M oscilando tanto, investimento em terrenos pode ser uma solução 

Outro fator que pede atenção neste momento diz respeito ao IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado), amplamente utilizado no reajuste de tarifas públicas (energia e telefonia), contratos de aluguéis e contratos de prestação de serviços.

Para se ter ideia, segundo informações da FGV (Fundação Getúlio Vargas), o IGP-M subiu 0,64% em outubro passado e acumula alta de 16,74% no ano e de 21,73% em 12 meses. Em outubro de 2020, o índice havia subido 3,23% e acumulava alta de 20,93% em 12 meses.

Com essa dança das cadeiras, investir na compra de um galpão próprio pode ser uma boa oportunidade para os empresários do setor logístico e industrial driblarem isso. Eles têm a opção de instalar um negócio rentável em localização estratégica com foco em um nicho que só tem crescido nos últimos meses.

Minas Gerais é peça chave para o setor logístico 

Foto retirada do site Conheça Minas.

 

O estado de Minas Gerais também tem protagonizado no cenário logístico desde que a pandemia começou. Dados da Buildings apontam que o estado mineiro possui 51 condomínios logísticos/industriais (fechamento do 3T/2021), com estoque total superior a 2,018 milhões de m²

Minas Gerais possui mais de 508 mil m² de atividade construtiva. Ou seja, o mercado logo vai absorver mais galpões e empreendimentos para aquecer o setor.

Quanto ao novo estoque – que será adicionado em breve ao mercado – existe cerca de 32 mil m² (classe A).

Isso só comprova o quanto o aumento exponencial do e-commerce ainda tem fôlego para novos investimentos e expansão – que incluem terrenos próprios.

“Nossos empreendimentos comerciais já estão com a infraestrutura instalada e prontos para construir. Nós nos preocupamos muito com a manutenção do espaço, para que o cliente não tenha o menor trabalho. Por isso, o tempo entre fechar o negócio e colocar a empresa para funcionar é curto.  E ainda temos opções diferentes para cada tipo de negócio. Com certeza, um deles vai atender as necessidades de quem nos procura”, ressaltou Ferreira.

Eixo Minas-São Paulo é alternativa perfeita para bons negócios logísticos

Gleba 3B3 – Uberlândia (MG)

 

Quando se pensa em um novo negócio para instalação logística, o endereço precisa ser estratégico. A ITV Urbanismo oferece lotes empresariais a partir de 9.000 m², no entroncamento das duas principais rodovias que cortam o Triângulo Mineiro.

O empreendimento conta com infraestrutura completa, com acesso à nova marginal, fornecimento de água, captação do esgoto, rede pluvial com bolsão de contenção para receber água da chuva, preservando as margens do córrego.

Além disso, é o primeiro loteamento em Uberlândia com iluminação 100% LED, o que garante muito mais segurança. Isso sem contar os benefícios para o meio ambiente.

Quando ao crescimento logístico em Minas durante a pandemia, José Eduardo Ferreira faz um esclarecimento:

“Antes de falar de pandemia, é importante relembrar que Minas Gerais tem a maior malha viária do Brasil e uma posição geográfica muito privilegiada. Faz divisa com São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Goiás e Mato Grosso do Sul. e está bem próximo de Brasília. E agora, com a pandemia, devido ao ciclo de valorização dos preços das commodities, itens básicos e minerais cotados no exterior, as tradicionais atividades de mineração, metalurgia, produção de celulose e de alimentos no estado também estão em alta.  Mais do que nunca, Minas está na rota dos investimentos”, ressaltou.

Opções:

Em MG, existem lotes empresariais em Uberlândia (Gleba 3B) na BR-050 e (Glebas C) na BR-365, próximo ao entroncamento com a BR-452.

Também há terrenos a partir de 800 m² em Uberaba, na parte externa do condomínio Estância dos Ipês (Rodovia MG-427), próximo ao entroncamento com a BR-050.

Considerando que a construção de um empreendimento logístico é muito mais rápido que um prédio comercial (que leva anos), contar com a experiência de 84 anos da ITV é um diferencial para o mercado. Investir em terrenos pode ser a oportunidade perfeita para alçar novos voos.

Absorção líquida e taxa de vacância em MG 

A Buildings monitora o mercado industrial mineiro desde 2013. Quando se fala em absorção líquida, índice que mostra o quanto o mercado cresceu ou diminuiu em metragem quadrada ocupada de um trimestre a outro, o resultado atual não poderia ter sido melhor.

A absorção líquida no 1T/2021 foi de 38 mil m²; no 2T/2021 164 mil m² e no 3T/2021 foi de 78 mil m².

Em 2020 a absorção líquida foi positiva em 63 mil m² no 4T; e superior em 103 mil m² no 3T/2020.

É claro que com a chega da pandemia e as incertezas que ela trouxe, foi necessário um tempo de maturação do mercado.

“No início da pandemia, não foi fácil, mas passados os 3 primeiros meses, a procura foi além das nossas expectativas. Com a baixa dos juros, muitos lotes foram vendidos para investidores. São clientes que estavam com o dinheiro parado no banco ou em algum outro tipo de aplicação financeira, mas começaram a não ver retorno e decidiram investir na compra de terrenos”, relembra o CEO da ITV, José Eduardo Ferreira.

Saldo positivo para a taxa de vacância

No universo classe A, ela está em apenas 5,30% neste 3T/2021: 7,94% mo 2T. No 1T estava um pouco mais alta: 12,45%.

Ao longo de 2020: 13,47% (1T), 14,42% (2T); 10,25% (3T) e 12,37% (4T).

Em São Paulo, a ITV oferece oportunidades em Itapevi

Em São Paulo, existem lotes comerciais em Itatiba (Rodovia Romildo Prado KM 13,5) e em Itapevi (Rodovia Castelo Branco KM 34,5), prontos para investimento.

A cidade de Itapevi está localizada na região metropolitana do estado e oferece algumas vantagens:

  • Está a 40 km de São Paulo (menos de 1 hora da capital)
  • Possibilidade de pleitear junto à Prefeitura a isenção de IPTU por até cinco anos, e de ISS da obra

Uma empresa que ancorar nesta região estará localizada em um núcleo de crescimento econômico, ao lado de grandes companhias e às margens da Rodovia Castelo Branco, uma das principais do estado.

São lotes a partir de 3000 m², localizado na Rodovia Castelo Branco, principal ligação entre a região metropolitana de São Paulo e o Centro-Oeste Paulista. As empresas podem ter grandes incentivos pela Prefeitura de Itapevi, conforme a Lei Procita nº 91/2017.

Já em Itatiba, os lotes, a partir de 800 m², estão prontos para construir e estão localizados na parte externa do condomínio Ecologie Residencial Itatiba.

Conheça mais sobre a ITV Urbanismo

A ITV Urbanismo atua no mercado desde 1937 e nesse processo, urbanizou um terço de Uberlândia e doou áreas importantes para o desenvolvimento da cidade.

Nos últimos anos, a empresa expandiu a área de atuação para outras cidades e estados. Já são mais de 78 mil lotes comercializados e 36 milhões de áreas urbanizadas. Mais que números, essa expansão representa a construção de um futuro melhor para muitas famílias por meio da geração de emprego e mais qualidade vida para a população.

Para saber mais, acesse: http://www.itvurbanismo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 11 =